Rua Lila Borja, 10 - Bairro Heliópolis - Belo Horizonte/MG CEP: 31741-605 (31) 3273-2486

Telemedicina apoia Hospitais e Pacientes no Combate ao Coronavírus

telemedina_via_networks
20

abr 2020

Por:Via Networks
Hospitais | Inovação | Notícias | Saiba mais

A pandemia do coronavírus (Covid-19) foi um estímulo para expandir o uso da Tecnologia da Informação na área médica. Também criou um ambiente mais favorável para a telemedicina.

Um dos motivos é que facilita o contato entre o médico e o paciente, ação imprescindível para evitar o contágio dos profissionais de saúde pelo coronavírus. Em um cenário tão complexo, é crucial contar com mecanismos que protejam todos de forma eficiente.

Neste artigo, vamos apresentar um panorama sobre a aplicação da telemedicina e o avanço na utilização dos recursos de TI no setor de saúde. Confira!

Entenda o que é Telemedicina

Consiste no uso de tecnologia (telefone, televisão, smartphones, tablets etc.) para prestar um atendimento médico em um local onde não haja contato físico entre o profissional de saúde e o paciente.

Com origem em Israel na década de 1950, esse procedimento também é bastante aplicado na Europa, Canadá e nos Estados Unidos. O objetivo é facilitar a comunicação e aumentar a agilidade e a eficiência dos tratamentos.

As videoconferências e a Inteligência Artificial (IA) também são mecanismos adotados pela telemedicina no diagnóstico dos pacientes, o que ajuda bastante no combate ao coronavírus.

Exemplos do uso da Tecnologia em Hospitais

No Brasil, a telemedicina é utilizada com sucesso no Hospital Moinhos de Vento, no Rio Grande do Sul. Além de contribuir com diagnósticos e recomendações aos pacientes, essa tecnologia possibilita a visita virtual aos internados com coronavírus em UTI.                                                                                                                   

A medida propicia ao paciente manter o contato com os familiares, o que é muito importante para a autoestima e os resultados do tratamento. Intitulado “carrinho de telemedicina”, o equipamento usado no Hospital Moinhos de Vento apresenta câmera de vídeo com alta resolução e um monitor.

Os familiares recebem um link (via SMS ou e-mail) para ter contato com o parente internado. Essa iniciativa tem como principal benefício a humanização do tratamento.

visitas online telemedicina

Imagem matéria do Hospital Moinho de Vento 02/04/2020

Conheça a regulamentação da telemedicina no Brasil

Em virtude da pandemia do Covid-19, o Ministério da Saúde publicou a Portaria n° 467 de 20 de março, que regulamenta a teleconsulta em caráter emergencial. A medida também autoriza a prescrição médica digital, sem que haja um contato físico entre o médico e o paciente em situações previstas no Código de Ética Médica.

A regulamentação autorizou a emissão de receitas e atestados médicos à distância, caso os documentos tenham assinatura eletrônica e procedimentos adequados aos parâmetros da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A Portaria 467 contribui para a telemedicina oferecer uma série de vantagens, como:

  • Servir de atendimento complementar nas redes pública e privada de Saúde;
  • Colaborar com o atendimento pré-clínico, a consulta, o diagnóstico e o monitoramento adotando recursos de TI;
  • Registrar dados do paciente em um prontuário eletrônico, que permitam identificar informações clínicas, o horário do atendimento e o profissional de saúde envolvido no tratamento.

Fique atento ao comportamento dos pacientes e da classe médica

Para a adoção da telemedicina apresentar excelentes resultados, é interessante que a população e os profissionais de saúde entendam os benefícios proporcionados por esse recurso.

De acordo com estudo da Associação Paulista de Medicina, denominado “Conectividade e Saúde Digital na Vida do Médico Brasileiro” , aproximadamente 65% dos médicos desejam a  regulamentação da telemedicina.

A pesquisa também constatou que cerca de 90% dos entrevistados consideram que o sistema público de saúde prestará um melhor serviço à população, caso adote ferramentas  digitais capazes de agilizar o atendimento.

Tecnologia Hospital 4.0

O avanço tecnológico é essencial para os dados serem utilizados de maneira cada vez mais inteligente. Essa tendência favorece a expansão do hospital 4.0, que conta com uma série de inovações, como sensores que monitoram o ambiente hospitalar e o uso da inteligência artificial no diagnóstico e na tomada de decisão em procedimentos cirúrgicos.

No hospital 4.0, a telemedicina, a Internet das Coisas (IoT), o big data e a realidade aumentada são dispositivos valiosos para oferecer um tratamento de alto nível, com foco no bem-estar dos pacientes e profissionais de saúde. Isso é muito positivo, principalmente, em situações de pandemia, como a do coronavírus.

Se deseja compreender melhor o impacto das novas tecnologias na sociedade, baixe este guia completo sobre a indústria 4.0 agora mesmo!

banner indústria 4.0

Ainda não recebemos comentários. Seja o primeiro a deixar sua opinião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rua Lila Borja, 10 - Bairro Heliópolis - Belo Horizonte/MG CEP: 31741-605

(31) 3273-2486

contato@via.eng.br

Segunda à Quinta 8h às 18h / Sexta 8h às 17h