Rua Caldas da Rainha, 806 Bairro São Francisco BH/MG CEP 31.255-180 (31) 3273-2486

9 perguntas e respostas sobre Laudo elétrico que toda empresa deveria saber

engenheiro fazendo laudo elétrico
18

mar 2020

Por:Via Networks
Cabeamento Estruturado | Instalações Elétricas | NBR

O Artigo abaixo visa esclarecer dúvidas a respeito do Laudo Elétrico, obrigatório por lei para empresas que possuem instalações elétricas com carga instalada superior a 75kW. Separamos portanto, 9 perguntas e respostas que irão auxiliar a sua compreensão. Sua empresa já conta com esse registro? Continue a leitura e tire todas as suas dúvidas sobre o assunto.

Toda empresa precisa garantir a segurança dos seus colaboradores, aprimorar sua eficiência operacional e buscar a redução de custos. Esses objetivos, muitas vezes, podem ser facilmente atingidos por meio de manutenções e verificações constantes nos sistemas e equipamentos. Uma ferramenta aliada nesse processo, obrigatória em casos específicos descritos no artigo abaixo, é a elaboração de um laudo técnico das instalações elétricas, mais conhecido como laudo elétrico. Esse documento pode ser obrigatório e o não cumprimento da norma pode sujeitar a empresa a multas e outras sanções.

1. O que é o Laudo Elétrico?

O Laudo elétrico é um tipo de laudo pericial que consiste em vários aspectos técnicos de uma série de inspeções feitas nas instalações elétricas da empresa afim de determinar se a infraestrutura está de acordo com a norma regulamentadora da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). O seu propósito é apontar eventuais irregularidades e apresentar as recomendações necessárias, conforme as normas técnicas. Seu principal objetivo é garantir a segurança do local e dos trabalhadores nele envolvidos.

O laudo, a depender se sua finalidade, pode ser composto pelas normas:

  • NBR5410 – Instalações elétricas em baixa tensão;
  • NBR14039 – Instalações elétricas em média tensão;
  • NR10 – Segurança em instalações e serviços em eletricidade. Norma Regulamentadora (NR) do Ministério do Trabalho e Emprego, voltada a segurança dos trabalhadores;
  • NBR5413 – Verifica se a iluminação artificial em interiores está adequada e não afeta a saúde das pessoas que ali trabalham;
  • NBR5419 – Norma para SPDA, sistemas elétricos contra descargas atmosféricas (raios)’;
  • NBR60079 – Especifica os requisitos para projeto, construção, ensaios e marcação de equipamentos elétricos com proteção de segurança aumentada. Esses equipamentos são destinados à utilização em ambientes com risco de explosão.

2. Qual os tipos de Laudo Elétrico podem ser feitos?

Os Laudos Elétricos servem a uma finalidade específica da empresa. Veja abaixo alguns dos exemplos mais utilizados no mercado:

  • Laudo de SPDA: Avalia o Sistema de Proteção contra Descargas Elétricas priorizando a NBR 5419.
  • Laudo de Instalações Elétricas (LIE): Atesta se estão sendo cumpridos os requisitos de variadas NBRs, NRs e portarias. Entre elas a NBR 5410, para consumidores de baixa tensão.
  • Laudo de Aterramento: verifica a existência de dispositivos essenciais à proteção contra choques elétricos e incêndios.
  • Laudo de ICMS: para empresas que desejam resgatar créditos de ICMS incidentes na conta de luz, um direito legal.
  • Laudo NR10: atesta o cumprimento da lei de proteção no ambiente de trabalho.

3. Onde Podem Serem Feitas as Verificações do Laudo Elétrico?

  • Instalações Elétricas em geral
  • Cabeamento Estruturado
  • Câmeras de Segurança – CFTV: É observado se as imagens estão focadas, o ângulo está correto, entre outros.
  • Certificação de Redes: Muitas empresas aproveitam a vistoria para também adquirir a sua certificação da rede, passando o certificador que testa a rede com sinais elétricos que simulam pacotes padrões de dados para diversas protocolos. Emitindo o relatório, onde é verificado se está de acordo com as normas e padrões..

4. Como é Feito um Laudo Elétrico?

Para a elaboração do laudo, o engenheiro eletricista faz uma visita ao local e registra por meio de registro fotográfico todos os componentes do sistema, fazendo medições de grandezas elétricas. Todos os detalhes são registrados em uma planilha, identificando os componentes, informando as inconformidades e pontuando melhorias e ajustes necessários. Além disso, faz-se uso de estatísticas, tabelas, gráficos e outros recursos que fundamentam o laudo de forma consistente.a5. Quem Pode Elaborar os Laudos Elétricos?

Conforme a nota NR10, no item 10.2.7, o laudo deve ser emitido por um engenheiro eletricista registrado no CREA (Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura), pois têm habilitação para produzi-lo. Além disso, precisam ser profissionais não ligados à empresa e com contrato devidamente registrado por meio da Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) , exatamente para assegurar a imparcialidade das definições.

5. Como Adequar a Empresa a Norma NR-10?

É necessário organizar o Prontuário das Instalações Elétricas (PIE). Esse manual determina o sistema de segurança elétrica. Ele documenta todos os procedimentos e programas ativos ou em planejamento que visam garantir a segurança dos trabalhadores contra riscos elétricos.

O primeiro passo é organizar o PIE, porém, é necessário fazer um diagnóstico com base na NR10. Uma das principais ações desse diagnóstico é o relatório do laudo elétrico, o qual irá verificar se as instalações estão dentro das normas necessárias.

6. O laudo Elétrico é Obrigatório?

Conforme a NR10, as empresas precisam elaborar seu Laudo Técnico das Instalações Elétricas para atestar que sua infraestrutura segue a normas de segurança. São obrigatórios em instalações com carga instalada superior a 75kW, portanto deve ser constituído e mantido o Prontuário de instalações Elétricas (PIE). Porém, recomendamos também a existência de um laudo para as instalações que também possuem carga abaixo de 75kw, tendo em vista que, dessa forma, a empresa se certificará de que suas instalações são seguras, sustentáveis e poderá adequar melhor o seu consumo energético caso seja verificada alguma inconformidade.

7. Qual o Prazo Para a Regularização e Quando Começa a Contar Este Prazo?

Quando a nova NR10 foi criada, as empresas tinham um prazo de 24 meses para se adequar às regras. Esses prazos já expiraram, de modo que hoje a empresa precisa estar em conformidade com as normas desde a sua formação.

8. Quais as Consequências Do Não Cumprimento Desta Obrigatoriedade?

A empresa que não elabora seu laudo técnico pode sofrer diversas penalidades, desde colocar em risco seus funcionários ao não estar em conformidade com as normas de segurança, aplicação de multas pelo ministério do trabalho e emprego (o valor é calculado em cima do nº de trabalhadores, riscos envolvidos, grau dos acidentes de trabalho, n° de denúncias e faturamento da empresa), até mesmo sofrer processos trabalhistas caso ocorram acidentes de trabalho decorrentes de riscos não tratados ou mesmo responder criminalmente por acidente de trabalho.

9. Quais Os Benefícios do Laudo Elétrico?

Diante de tantos riscos, o Laudo das Instalações Elétricas pode trazer muitas vantagens:

  • Gera economia: ajuda a identificar problemas no sistema elétrico que podem causar desperdícios de energia ou mesmo desgaste nos diversos componentes da infraestrutura;
  • Promove eficiência: ao verificar se a infraestrutura de rede está adequada e funcionando corretamente;
  • Protege sua empresa, garantindo segurança contra incêndios ou acidentes de trabalho;
  • Garante a segurança de pessoas e animais, além de preservar o sistema;
  • Identifica perigos e aponta soluções antes que problemas maiores surjam;
  • Proporciona descontos na contratação de seguros contra acidentes, já que eles diminuem proporcionalmente.

A Via Networks realiza laudos elétricos e projetos com o mais alto padrão de segurança e qualidade. Os serviços incluem:

  • Planta Baixa com localização dos pontos de dados e voz e distribuição dos pontos elétricos;
  • Levantamento dos níveis de passagens de cabos;
  • Diagramas esquemáticos;
  • Diagramas Multifilares dos quadros;
  • Dimensionamento dos quadros de distribuição elétrica e prumadas e suas respectivas proteções;
  • Dimensionamento dos circuitos alimentadores;
  • Memória de Cálculos.

Quer saber mais? Entre em contato com nossos especialistas e solicite um laudo técnico com a Via Networks!

Ainda não recebemos comentários. Seja o primeiro a deixar sua opinião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rua Caldas da Rainha, 806 Bairro São Francisco BH/MG CEP 31.255-180

(31) 3273-2486

contato@via.eng.br

Segunda à Quinta 8h às 18h / Sexta 8h às 17h