Rua Caldas da Rainha, 806 Bairro São Francisco BH/MG CEP 31.255-180 (31) 3273-2486

NBR14565 – Cabeamento Estruturado para Edifícios Comerciais

Cabeamento estruturado
12

set 2019

Por:Via Networks
Cabeamento Estruturado | NBR

cabeamento estruturado é um projeto que fornece à infraestrutura maior facilidade de instalação e modificação no layout dos equipamentos, padronizando a distribuição de cabos e conectores nos ambientes. Esse tipo de implementação se aplica a diversos tipos de empreendimentos, desde os comerciais até unidades residenciais.

O cabeamento estruturado em edifícios comerciais, porém, apresenta dificuldades específicas, especialmente devido ao alto tráfego de dados e ao grande volume de dispositivos conectados. Portanto, afim de evitar falhas e riscos, é fundamental seguir os requisitos técnicos da Norma ABNT 14565.

Neste post, você vai conhecer alguns detalhes do regulamento e compreender como ele pode ser aplicado em edifícios comerciais.

Veja também:
NBR 16665: Cabeamento Estruturado Para Data Centers
NBR13570: Norma de Instalações Elétricas para Locais com Grande Fluxo

O que é a Norma ABNT NBR 14565?

A norma ABNT NBR 14565 tem por objetivo apresentar um padrão para o sistema de cabeamento estruturado instalado em uma unidade ou conjunto de edifícios comerciais e de data centers. Ele acolhe tanto cabeamentos metálicos quanto ópticos.

Sua publicação original foi no ano 2000, mas foi revisada posteriormente em 2007 e 2012, recebendo por fim uma emenda em 2013 que cancelou as versões anteriores.

Os requisitos da Norma ABNT 14565 se baseiam em sua maioria em padrões internacionais ISO/IEC 11801 e ISO/IEC 24764. Sendo assim, ao adotar essa padronização, a empresa seguirá níveis de qualidade internacionais.

Quais são os requisitos técnicos específicos no cabeamento estruturado?

O cabeamento estruturado para edifícios comerciais possuem 3 subsistemas de cabeamento:

  • backbone de campus;
  • backbone de edifício (BD);
  • cabeamento horizontal.

Os cabos adotados precisam ser de par trançado ou de fibra óptica, conforme as normas ABNT NBR 14565 e 14703. Os distribuidores do sistema de cabeamento, ou interface, também chamados de “espaços”, são 4:

  • sala de equipamentos (ER): onde os equipamentos de uso comum serão instalados, tais como switches core, discos de armazenamento e servidores;
  • sala de telecomunicações (TR): um espaço em cada pavimento para o distribuidor de piso, atendendo aos equipamentos dos usuários desse pavimento. É nele que fica um switch de acesso;
  • área de trabalho (WA): onde fica a mesa de trabalho dos usuários que interagem com os serviços distribuídos pelo cabeamento estruturado. Os equipamentos são conectados por meio de patch cords em tomadas de telecomunicações (TO);
  • sala de entrada e infraestrutura de entrada (EF): sala em que ocorre a junção entre o backbone de campus e o backbone de edifício. É aqui que o provedor de serviços pode instalar a terminação da sua rede externa (ENI).

As normas também estabelecem outros elementos funcionais próprios ao cabeamento, além dos 3 subsistemas. Confira abaixo:

  • distribuidor de campus (CD);
  • distribuidor de edifício (BD);
  • distribuidor de piso (FD);
  • ponto de consolidação (CP);
  • cabo do ponto de consolidação (cabo do CP);
  • tomada de telecomunicações multiusuário (MUTO);
  • tomada de telecomunicações (TO).

As siglas permanecem em inglês afim de evitar confusões na nomenclatura para aqueles que já utilizam os padrões internacionais.

Os distribuidores são elementos de conexão onde cabos de telecomunicação são ligados de modo permanente, além de entradas para patch cords. Já as tomadas de telecomunicações (TO) são feitas de conectores modulares de oito posições (jack RJ-45).

Quais os cuidados necessários?

Em primeiro lugar, é necessário verificar quais são as normas nacionais às instalações. Nesse caso, nos referimos às normas ABNT NBR 14565 e 14703. Caso não haja nenhuma referência específica, recomenda-se recorrer às normas publicadas pela ISO.

Além disso, o profissional responsável precisa desenvolver e executar o projeto de modo que a nova instalação não afete os circuitos elétricos já existentes.

O cabeamento estruturado é um projeto recomendado às empresas que desejam uma infraestrutura de rede sólida e de longa duração. Ao seguir as principais normas disponíveis, a empresa garante padronização e qualidade em suas instalações.

Quer saber mais como implantar um cabeamento estruturado em seu edifício comercial? Então entre em contato conosco e converse com um especialista!

case eabh

Ainda não recebemos comentários. Seja o primeiro a deixar sua opinião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rua Caldas da Rainha, 806 Bairro São Francisco BH/MG CEP 31.255-180

(31) 3273-2486

contato@via.eng.br

Segunda à Quinta 8h às 18h / Sexta 8h às 17h