Rua Caldas da Rainha, 806 Bairro São Francisco BH/MG CEP 31.255-180 (31) 3273-2486

Os tipos de fibra ótica

tipos-fibra-otica-via-networks
17

Jul 2018

Por:Via Networks
Inovação | Saiba mais | Soluções | Via Networks

Como já vimos aqui em nosso blog, a capacidade de transmissão de informações da fibra ótica é muito maior comparada a conexão através de cabos de cobre. Além disso, essa tecnologia oferece muito mais segurança em caso de rompimento dos fios, uma vez que seu material é um isolante térmico. Atualmente, existem dois tipos de fibra ótica, Monomodo e Multimodo. Elas variam conforme a fonte luminosa usada e a quantidade de sinais que podem ser emitidos dentro dos cabos. Saiba como elas funcionam e suas vantagens:

Monomodo

A fibra monomodo é muito utilizada para empresas que necessitam de uma aplicação que envolva comunicações de longa distância. A sua propagação é feita por um único modo, pois a fibra apresenta um núcleo pequeno. O que significa que a largura da banda utilizada é maior e há menor dispersão da luz laser emitida. Isso permite a transmissão de sinais a grandes distâncias (WAN). Apesar da qualidade, o seu valor normalmente é maior quando comparada com o de um cabeamento monomodo, devido ao método de construção e manuseio complexo.

Multimodo

Esse tipo de fibra é normalmente utilizado em cabeamentos primários inter e intra edifícios. A diferença com a monomodo, diz respeito ao tamanho do seu núcleo, que é maior. Além disso, podem ser classificadas em Índice Degrau e Índice gradual, sendo esta classificação decorrente da variação do índice de refração entre o núcleo e a casca.

Índice Degrau: Fabricação mais simples, com um núcleo composto por um material homogêneo de índice de refração constante e sempre superior ao da casca. Possuem características inferior, restringindo a capacidade de transmissão da fibra devido às perdas sofridas pelo sinal transmitido. Além disso, reduz suas aplicações com relação à distância e à capacidade de transmissão.

Índice Gradual: fabricação bem mais complexa, com um núcleo composto por vidros especiais com diferentes valores de refração para diminuir o tempo de propagação da luz no núcleo da fibra.

Mas afinal, qual tipo de fibra ótica é melhor?

A escolha do melhor tipo de fibra ótica está relacionada ao cabeamento que será utilizado em sua empresa. Na grande maioria dos casos,  uma rede baseada no tipo monomodo atenderá bem às necessidades da companhia que precisar manter redes de comunicação privadas de longas distância e com um alto controle da infraestrutura. Já os cabos multimodo conseguem transmitir dados de fontes múltiplas. Isso facilita o seu uso em redes internas, onde vários dispositivos realizam troca de pacotes simultaneamente.

Independentemente do tipo de cabeamento adotado, a fibra ótica deve ser vista como uma escolha estratégica. E então, o que achou dos tipos de fibra ótica? Se você ficou interessado nas vantagens que umas dessas tecnologias podem trazer para a sua empresa fale com um dos nossos consultores.

Ainda não recebemos comentários. Seja o primeiro a deixar sua opinião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rua Caldas da Rainha, 806 Bairro São Francisco BH/MG CEP 31.255-180

(31) 3273-2486

contato@via.eng.br